Nós e o Artesanato

O artesanato é algo tão antigo quanto a própria humanidade. Redescoberto como arte, lazer, negócio e cada vez mais presente em nossa casa, nossas roupas, acessórios, tem uma ligação íntima também com a questão ambiental que tanto nos aflige. Êpa, pera lá… vamos com calma… que salada é essa?

Quando o homem pré-histórico fazia seus machados, suas roupas e calçados, já produzia artesanato! Sem o artesanato ele não sobreviveria, não teria evoluído. Nós não seríamos o que somos hoje.

 Mesmo após a revolução industrial, a invenção do automóvel, o artesanato continua acompanhando a humanidade. Mas hoje na nossa sociedade industrial-tecnológica-cibernética-digital-futurística, se podemos produzir (quase) tudo em grande escala, padronizado, com perfeição, faz sentido o trabalho artesanal?

Eis o X da questão: queremos nos diferenciar – PRECISAMOS mostrar que não somos andróides de uma linha de montagem. Uma bolsa Prada pode dar status, mas não diferencia sua usuária de uma outra pessoa utilizando a mesma marca. Podemos ter nossas “tribos”, mas, mesmo nelas, queremos ser únicos (eu então, que sou gêmea univitelina, nem se fala!).

A moda artesanal floresce dessa necessidade de diferenciação! Pode custar uma fortuna, ou pode ser feita por você mesma!

A velha máquina de costura está mais atual do que nunca! Eu ganhei uma de minha mãe, meu pai e minha irmã no dia do meu aniversário (05 de Julho de não-precisa-saber-o-ano) e confesso: EU AMEI!!!

Se antigamente saber costurar, bordar e outras coisinhas civilizadas era fundamental para a moça prendada que desejava encontrar um marido, hoje esse prazer está sendo redescoberto (não o de encontrar marido!) e o craft já evoluiu de hobby para negócio para muitos amantes do artesanato.

Mas, o que a questão ambiental tem a ver com tudo isso? 

Bom, antigamente a arte e o artesanato eram feitos quase que unicamente com matérias primas extraídas da natureza. Hoje, com cada dia mais pessoas adotando o artesanato como hobby ou negócio, toda uma indústria cresceu tendo como foco esse mercado.

MDF, tesouras, cortadores, lixas, máquinas, tecidos, colas, pincéis e uma infinidade de materiais vêm sendo criados com a finalidade de agilizar e facilitar a vida de quem faz algum tipo de artesanato. O estímulo ao consumo é o combustível da indústria que utiliza mais recursos naturais para atender a um mercado sempre ávido por novidades.

É verdade, uma vez que experimentamos as facilidades modernas, é muito difícil abrir mão delas! Mas, podemos fazer a nossa parte sim: reciclando, evitando desperdício de material, contendo aquele desejo desenfreado de comprar aquele tecido japonês super fashion (que a gente nem sabe ainda onde vai utilizar!)

 Nossa, esse post já está muito longo! Já viajei demais! 

 Sejam bem vindos ao mundo de Chica Bacana. Um lugar para conversar sobre artesanato, variedades, e tudo mais que der na telha desta que vos fala!

 Ah! Dê uma passadinha na nossa loja: www.chicabacana.com.br

Lá você vai encontrar produtos artesanais que vão fazer você se sentir único(a), como essa bolsa Trazzi toda em crochê!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: , , , , ,

3 Respostas to “Nós e o Artesanato”

  1. Bailandesa Says:

    Já não era sem tempo! Tô louca pra ver esse mundo de coisas bonitas que vc vai trazer.

    Seja bem-vinda e sucesso maninha!

  2. Ricardo Sorvillo Says:

    Tá indo!
    Adorei!

  3. anaclaudiamattos Says:

    Obrigada! Volte sempre!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: